Páginas

terça-feira, 3 de março de 2009

OFES ABRE TEMPORADA 2009

Amigos, como eu sei que vocês estão aí dentro de casa, ou no trabalho, doidinhos para serem convidados para um programinha básico e imperdível, especialmente por ser “de grátis”, então quero convidar todos para o concerto de abertura da temporada 2009 da Orquestra Filarmônica do Espírito Santo – OFES. Vai ser amanhã (04 de março – Quarta-feira), oito da noite impreterivelmente, porque concerto não é que nem essas casas de espetáculo botocudas que ficam esperando o público aparecer pra começar o show não... Ah! Sim! E é no tradicional Theatro Carlos Gomes.


Falando nisso, não custa perguntar, será que o tal do “Porto Botocudo das Artes Indígenas e Realmente Capixabas” vai sair do papel? Digo isso porque há uns três anos atrás fui o mestre de cerimônias da abertura do Festival de Inverno de Domingos Martins - roque de responsa, inclusive a trilha sonora era o Réquiem de Mozart, ou missa dos mortos, como le gusta - mas então que o governador anunciou lá que ia construir um teatro para aquela aprazível localidade germânica... No carnaval agora fomos à montanha tomar um vinho de jabuticada (Eita!) e não é que o terreno continua do mesmo jeitinho que estava antes...


Bom, mas falando em apresentar eventos, uma das inovações que o Regente Titular da OFES, meu amigo Helder Trefzger, anda articulando é uma locução introdutória para cada peça, esclarecendo alguns trechos e dando uma panorâmica sobre a obra a ser apresentada. Uma parada legal, didática e que vai interessar tanto profissionais como amadores. Essa locução ficou por minha conta e risco, então os amigos que forem lá terão também aoportunidade de ouvir um tostão da minha voz...


No repertório desse concerto constam duas aberturas: uma de Brahms (foto) - Abertura do Festival Acadêmico - e outra de Tchaikovsky - Romeu e Julieta. Entre essas duas peças teremos o concerto para piano e orquestra No. 19 de Mozart, com o carioca Eduardo Monteiro, considerado um dos maiores pianistas brasileiros de sua geração (1966), doutor em musicologia pela Universidade de Sorbonne - Paris.


A OFES vai apresentar, ainda no final do mês de março, a opereta “A Viúva Alegre”. Serão três apresentações - nos dias 19, 20 e 21 - com dois elencos diferentes, incluindo Natércia Lopes, Lício Bruno, Meire Norma e mais um grande time de cantores. A última vez que esta obra foi apresentada por essas praias botocudas foi no longínquo ano de 1984... O convite é, portanto, realmente imperdível. Aproveita e passe adiante, se o mundo continuar aculturado pelo menos você vai poder dizer que fez a sua parte...


RESUMÃO ELEKTRÔNICO:

Quarta Clássica com a Orquestra Filarmônica do Espírito Santo.

Solista convidado – pianista Eduardo Monteiro.

04 de março 2009 (Quarta-Feira) – Oito da noite (20 horas).

Theatro Carlos Gomes – Praça General Osório – Centro, Vitória-ES. Não paga nada, a entrada é franca.

Um comentário:

MILTON ESTEVES JUNIOR disse...

Mais uma vez esta cidade me surpreendeu! Hoje no jornal da manhã da TV, vi uma entrevista com o maestro e o pianista que atuaråo nesta noite no Teatro Carlos Gomes. Por ser amante da música, cheguei ao teatro por volta de 14:30 e "SURPREZA!", disseram que os ingressos estavam esgotados.
Minha surpreza se justifica por duas possibilidades: 1- ou a cultura nesta cidade está realmente no rumo certo, e o número de interessados num concerto lotará o teatro (coisa que duvido, pois não é a primeira vez que isso ocorre e quando consigo ingresso vejo uma quantidade ENORME de cadeiras vazias); 2- ou o critério de distribuição não tem sido correto (coisa que deve surpreender a qualquer pessoa que teria o direito a consegui-lo).
Enfim, vou amargar essa "não entrada" e esperar alguma notícia que me ajude a entender o que acontece!
Milton Esteves Junior, professor adjunto do DAU-UFES